Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Uma mudança de inicio de ano, mudar para inspirar!

29
Fev16

Aquele aperto no coração!

Ana Gomes

10524320_810537462320304_780605573844075738_n.jpg

 Quando colocamos anuncio para adopção da nossa cadelita que se encontra connosco há 2 anos e de repente surge uma mensagem no ecrã de alguém que nos diz querer adoptar. 

A primeira reacção que tive foi de entusiasmo, ligar de imediato à senhora falar com ela! Ela pediu para ver se podia ficar com ela por 2 dias a ver se a cadelita se adapta à casa e a eles. Entusiasmada disse que sim, agora começo a cair em mim e perceber que se calhar não volte a ver a minha cadelita fofinha!

Dói tanto... o coração fica apertadinho, afinal ela é como uma filhota para nós apesar de ser doida! Apesar de todas as asneiras ela é a minha menina. Cresceu com o meu filho mais novo! O meu coração neste momento ficou mesmo pequenino parece que me arrancaram um pedação dele e deitaram ao lixo, apesar de ainda saber que ela ainda está lá em casa! Que fica doida quando nos ouve chegar, que fica louca por vir à rua! 

Agora deixa-la em casa de uma desconhecido por uns dias está a matar-me apesar de saber que poderá ser a sua nova família! 

12046606_1051872724853442_7278360352723296291_n.jp

Imagens como estas jamais apareceram em casa. Apenas ficarão recordações que nos deixaram a felicidade de a ver correr e brincar com os pequenos! 

Em principio conhecerei hoje a senhora que tentará adopta-la! Tenho receio de a deixar ir? Tenho é lógico que sim, afinal não sei sequer quem é a senhora, onde mora ou onde trabalha! 

Espero que possa dar à bolinha toda atenção e carinho que nós sempre demos! Sei que a pequena fofinha não terá o espaço que tem neste momento, tendo só um pátio comprido de um andar/moradia! 

A ver vamos como corre! 
Mas neste momento estou de coração bem pequenino!

 

Para quem por norma não segue este blog, os motivos são de saúde desse pequeno que está na foto! 

27
Fev16

Precisava desta Mudança

Ana Gomes

Acho que aquele meu estado de stress, depressivo e tudo mais era devido mesmo a uma necessidade extrema de mudança na minha vida! 

Sim os comprimidos ajudam imenso a andar calma, conseguir dormir à noite que era uma das coisas que já não sabia o que era acerca de 3 anos!

Mas hoje a pensar na minha vida, na casa nova, em tudo o que tenho para fazer, começo a reparar que afinal o que eu precisava mesmo era da mudança. 

Por isso andava eu a tentar mudar decoração em casa, ficava agradada com as mudanças mas pouco tempo depois precisava de mais. 

Comprei as belas das capas das almofadas que neste momento já não dão para a decoração nova da nossa sala, pois os tons agora são preto, castanho, bege e branco. 

Agora as capas serão para guardar ou talvez vender. Pena não poder devolver! 

Mas a mudança de vida, de casa, está a deixar-me com aquela ansiedade miudinha onde eu só quero mesmo que tudo acabe rápido para poder desfrutar da nova casa, mais ampla, mais arejada, mais solarenga, ver o meu menino sem problemas (como já está de novo com tosse). 

Poder vê-los crescer num novo sitio e ver que estão perto da familia e dos amiguinhos! 

Era isto que precisava mesmo, MUDANÇA! 

1779665_430937243717671_2825497559600089542_n (1).

 

26
Fev16

Miúdos manhosos!

Ana Gomes

Este meu pequeno mais novo vai dar-me o que fazer.

Como vocês sabem ele esteve com uma bronquiolite aguda e logo de seguida fez mais uma, o que lhe permitiu pelo menos 3 semana em casa da avó nos mimos bons da avó e da empregada que já tomou conta de mim e tudo! 

Desde o final de semana que anda a dizer que não quer ir para a escola e que não irá! Expliquei-lhe que tem de ir mesmo que seja só da parte da manhã, afinal ainda só está nos 3 aninhos e dormir por dormir, pode faze-lo em casa sem dúvida.

Hoje de manhã mal abriu os olhos disse-me:

-"Mãe quero ficar na avó!"

-"A. não podes tens de ir pelo menos de manhã á escola brincar com os teus meninos!"

-"Mãe mas eu não quero! Posso ficar na avó?"

-"Depois vemos isso!" - respondi-lhe de forma a que não me questiona-se mais e assim tomasse o leitinho todo.

Depois de o vestir e começar a tratar de mim ao sair do quarto ouço:

-"Ai!"

-"Que foi A. que te dói?" 

-"Mãe não consigo respirar!" - mas com um sorriso maroto na cara. 

Saí do quarto e não deixei que o irmão entra-se só para podermos apreciar o espectáculo.

Lá estava ele na cama a respirar fundo a ver se eu lá ia ter com ele, como viu que não surtiu efeito tentou o plano B!

-"Ai que me dói as minhas penas! Dói muito!"

Eu a espreitar da porta do quarto olho e ele está deitado na cama a ver bonecos e a brincar, mas como pensava que eu estava na casa de banho achou que poderia queixar-se de mais alguma coisa! 

Eu não sei mas acho que ele herdou do tio (meu irmão) esta mania de ser baldas! Tanto é que o tio lhe chama de baldas! Mas este meu irmão só para não ir à escola punha o termometro na lampada! 

Mãe sofre, mas com carinho e amor! São estas pequenas coisas que nos fazem seguir! 

 

25
Fev16

Post deletados

Ana Gomes

 

Capturar.JPG

 

Quando começamos a escrever um post que nos está a dar cabo da paciência, ou porque um colega de trabalho nos chateou, ou porque os pais nos deram nas orelhas, ou porque discutimos com o mais que tudo. 

O post será daqueles a massacrar, esfolar, matar e enterrar a pessoa que nos deu cabo da paciência. Será daqueles post que quem ler fica a pensar "esta tipa não bate bem da bola!".

Vocês sabem do que falo... daqueles post que no momento nos dizem muito e os quais nos deixam mais aliviados depois de todo aquele stress, mas a meio do post temos algo paa fazer e acabamos por deixar ali a janela do sapo aberto e vamos fazer o que temos a fazer. 

Passado uns minutos já descontraídos e sem stress começamos a reler o post para o podermos acabar e mal colocamos o cursor do rato no ecrã para corrigir algo e logo de seguida clicamos no delete... PUFF desapareceu o post! 
O quê? O post desapareceu e aparece-nos a página do nosso blog onde vemos os comentários de quem nos segue! 
Lembramo-nos "Ok deve estar guardado em rascunhos!" 

Lá vamos nós à secção dos rascunhos e... NADA! WTF?!

Depois lá pensamos, "se calhar foi melhor assim... afinal as coisas não são assim tão importantes, um mero desabafo, que por vezes nos ajuda e muito mas se calhar era desnecessário!"

Agora que penso que perdi um post... uma bela m.... de post só porque me irrito com certas atitudes e falta de profissionalismo da minha irmã. Foi melhor assim... mas isto é o que faz sermos filhos do patrão.

Ah... é melhor esquecer mesmo! 

Fiquemos por aqui por é preferível perder um post que arranjar mais stress! 

 

 

Pág. 1/10

Twitter

instagram

Blogs de Portugal

Parcerias

Desafio de Leitura

Leituras & Livros

Bloglovin

Follow