Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Uma mudança de inicio de ano, mudar para inspirar!

08
Mai18

Estava a planear uma viagem e surgiu-me a saudade!

Ana Gomes

Estava eu sentadinha no computador a planear mais uma das 3 ou 4 viagens que quero fazer até que me surgiu a saudade no coração.

Desde pequena sempre viajei muito com os meus pais e irmãos, tendo a felicidade de conhecer quase toda a europa e o nosso belo Portugal.

Cheguei a ir aos EUA ainda com 11 anos a NY e a Orlando à Disney que até hoje não esqueço aquelas cidades, principalmente o World Trade Center que tive o prazer de visitar.

Mas a saudade não vem destas viagens constantes que faziamos mas sim de uma situação em particular que hoje em dia não se repete com frequência. 

Quando viajava com os pais e irmãos em várias situações (principalmente a clientes do meu pai) eu e a minha mãe acabavamos por ficar na cidade a visitar e conhecer alguns locais.

As minhas saudades são disso mesmo, da companhia da minha mãe, só nós as duas, as caminhadas, as risadas, as compras, almoços e visitas a monumentos que fizemos juntas. 

Recordo com especial carinho algumas situações, como uma visita ao Escorial em Madrid, os grandes passeios a pé pela ruas das cidades onde estavamos, a subida à Girandola em Sevilha. A nossa passagem por Londres, os passeios de carro até Sanxenxo. 

Ah que saudades! 

Agora perguntam mas porque não vais?

Bem porque agora não viajo com os meus pais, porque com os meus filhos não dá para andar horas infinitas a pé sem que comecem a chatear, mas que tenho saudades isso tenho! 

Tenho a minha família e é com ela que viajo apesar de visitar os meus pais caso eles estejam perto de onde estamos, mas não é a mesma coisa! 

Aqui ficam algumas fotos minhas em pequena em Itália com a minha mãe e dois dos irmãos! 

 

 

03
Mai18

Costa Vicentina - Um paraíso

Ana Gomes

Antes de começar quero dizer-vos que desta vez não me esqueci de nada!!! Nem documentos nem máquina, se é que se lembram que na viagem a Marvão tive voltar para trás! Leiam AQUI

Agora quero palminhas para mim! 

 

A Minha Vida e Eu.png

 

 

5 da manhã acordei, comecei a tratar de tudo o que faltava para a nova viagem, lá iamos nós rumo a sul mas teriamos de sair cedinho. Uma pequena viagem que me iria permitir descansar de pequenos problemas no trabalho, precisava de desligar. 

Esperavam por nós cerca de 5 horas de viagem a qual com 2 pequenos se torna impossivel de fazer seguida, mas com uma saída prematura nos permite fazer mais de metade da mesma com eles a dormirem. Um descanso!

Perto das 11 horas estavamos em Vila Nova de Milfontes, paramos para lanchar e esticar as pernocas, os pequenos já começavam a dar de si. 

Decidimos que iriamos directos de Vila Nova de Milfontes até Odemira onde iriamos ao supermercado comprar pequenas coisas para ter na casa para lanches, pequeno almoço e petiscar. 

Feitas as compras era hora de procurar um restaurante para almoçar e relaxar um pouco. 

Encontramos o Fonte Ferrea dentro de um jardim lindo mesma na entrada de Odemira, já tinha lido sobre o restaurante.  

Comida Fantástica a preços acessiveis, para além da simpatia e paciência dos donos com os pequenos. 

 

O tempo não estava famoso, quando marquei esperava sol, não pedia calor mas solzinho mas não o S. Pedro com a sua bipolaridade deu-nos um pouco de tudo! 

Acabdo o almoço estava na hora de partir em direcção a Brejão, uma pequena vila perto de Azenhas do Mar. Uma casinha tipicamente alentejana, Monte da Boavista, o repouso na costa vicentina junto ao campo mas com a Praia mesmo ali ao lado.

De forma calorosa e simpatica foi-nos indicada a casinha que ficariamos e mal abrimos a porta somos recebidos com um miminho tão bom. 

20180428_140346.jpg

 

 

Chegava a hora de colocar tudo no sitio, aproveitar o resto da tarde para descansar da longa viagem. 

Um refugio que nos permitia estar descansados no jardim junto á piscina e os pequenos andarem por ali a brincarem sem qualquer problema no pequeno parque que lá existe.

 

 

Ao final do dia na esperança de conseguir um lugar no unico restaurante em Azenha do Mar lá fomos nós pelas 18:00 até lá, mal chegamos estava repleto, uma tristeza imensa porque as vistas compensavam tudo. Pelo menos ficamos com as vistas maravilhosas! 

11.png

 

O segundo dia começava, estava eu na cozinha a preparar o pequeno almoço quando ouvi qualquer coisa a bater na porta, abri e dei de caras com um saco com um pão alentejano para o pequeno almoço! Ó meu Deus a minha perdição logo pela manhã, assim ninguém aguenta! 

Todos os dias nos foi dado um pãozinho alentejano para o pequeno almoço.

Estava na hora de sair a caminho de Sagres, apenas a uma hora de viagem pela nacional entre vilas alentejanas chegavamos a Sagres. 

Um mar de gente, nunca imaginei que estivessem tantos turistas ali, mas estar naquela pontinha de Portugal apreciar o mar e as arribas valeu a pena mesmo que não tivessemos entrado no forte! 

 A tarde essa foi passada em casa, no descanso de um monte alentejano, com o solzinho bom que brilhava lá no céu e nos dava alguma vitamina D. 

Nesse mesmo dia à noite fomos até ao Cabo Sardão sei que o deveria ter feito de dia, mas não fomos à noite mesmo para ver o Farol.

 

Terceiro dia saimos já muito na hora do almoço o tempo não nos deixou sair de casa mais cedo, choveu a manhã toda. 

Acabamos por sair pelas 11:30 em direcção a Aljezur, iriamos á Praia dos Clérigos almoçar, mas chegado lá o São Pedro mais uma vez contemplou-nos com uma chuva intensa que não nos deixou sequer sair do carro para andar 200 metros até ao restaurante. Era impensável faze-lo com os pequenos iriamos todos ficar encharcados. Decidimos então sair dali e procurar outro restaurante lá pesquisamos no GPS do carro e começavamos uma viagem de cerca de 20 minutos por pequenas estradas no meio do monte até que demos de caras com uma praia com um pequeno bar que serve refeiçoes. 

Estavamos literalmente no Paraíso do Mar (nome do pequeno barzito).

1.png

 

Praia da Amoreira... uma pequena praia ali mesmo depois das montanhas, lindissima! 

Após almoço e passeio na praia estava na hora de partir para onde? Para a casa, porque os pequenos adoraram tanto aquilo que nem queriam sair de lá! 

Lá fomos nós sem pelo caminho passar em Odeceixe e visitar o pequeno moinho que lá está bem no alto e nos deixa contemplar a pequena vila. 

9.png

Discover the CoastsHidden surf Spots (1).png

 

 

 

A tarde passada em descanso em casa, apanhar sol, brincar com os pequenos rirmos e até chorar de tanto rir. 

O jantar ficou decidido que iriamos até à Zambujeira do Mar ali a 15 minutos de Brejão, acabamos no Casino da Ursa uma excelente pizzaria e como em todo o lado que estivemos a simpatia imperava na casa. 

O pão de alho fabuloso e umas pizzas de massa fina de comer e chorar por mais! 

 

Quarto dia, era hora de acordar e começar a arrumar tudo para virmos embora, mais uma vez o pão alentejano estava na porta da casa! 

Sai para colocar o lixo no local e finalmente conheci a D. Fernanda uma senhora super simpática e bem disposta, a senhora que todos os dias nos deixava o pão na portinha. 

Era hora de regressar ao Porto para nossa infelicidade começava a nostalgia daquele pequeno recanto alentejano que nos permitiu descansar por 4 dias, era a hora de partir.

 

 

Locais a Visitar

  • Zambujeira do Mar
  • Cercal
  • Odemira
  • Azenha do Mar
  • Praia do Carvalhal (Brejão)
  • Odeceixe
  • Carrapateira
  • Sagres
  • Lagos

 

Locais onde comer

  • Casino da Ursa (Zambujeira do Mar)
  • Fonte Ferrea (Odemira)
  • Eira do Mel (Vila do Bispo - Sagres)
  • Restaurante Azenha do Mar (Azenha do Mar)
  • O Sargo - Praia dos Clérigo (Aljezur)
  • Paraiso do Mar - Praia da Amoreira

 

 

 

 

 

 

11
Abr18

Ajuda precisa-se!!!

Ana Gomes

Adoro viajar e como vocês sabem quero muito que os pequenos conheçam bem Portugal. 

Agora tenho um probleminha quero fazer mais uma viagem antes das férias de verão mas não sei bem aonde. 

Tenho uma viagem próxima marcada, mas para finais de maio quero fazer outra mas a questão é aonde? 

 

Depois de ter "dormido" numa estação de comboio, a qual os miudos adoraram, fico a pensar onde poderei leva-los e surpreende-los!?

Já pensei ficar num moinho, mas todos os que vi estão esgotados ou a lotação não dá para mais de 2 pessoas e agora?

Por isso decidi vir por aqui pedir-vos ajuda com ideias ou dicas para sair para finais de maio... help me please! 

09
Abr18

A procura começou!

Ana Gomes

Vocês sabem a viagem que fiz a Marvão?

Pois se bem se aperceberam eu voltei para trás para ir buscar os documentos que me tinha esquecido e porquê?

Simples, porque eu não deixo os documentos do carro no veiculo seja aonde for, nem mesmo na garagem do prédio. Segundo porque os guardo dentro de uma carteirinha de plástico dentro do bolso pequeno da mala e porquê? 

Porque no Natal o meu irmão mais velho ofereceu-me uma carteira só para cartões, algo assim parecido.

7ebf2932e69b2a588daf5c6dc548c17c.jpg

Imagem retirada AQUI

O que para mim me dá imenso jeito já que muitas vezes ando cheia de papeis no meio da rua e assim é só meter a carteirinha ao bolso e a minha mala fica guardada na mala do carro. 

Pois por esta simples prendinha na viagem a Marvão deixei os documentos do carro em casa e acabei por voltar, mas agora comecei a procura por um porta documentos catita que eu possa trazer na carteira e o qual eu me lembre de levar de viagem.

Alguém tem sugestões?

06
Abr18

Vou começar a poupar

Ana Gomes

Sei que o ano já começou algum tempo, mas para poupar não é preciso que seja logo no inicio é quando nós quisermos. 

Decidi que iria começar a poupar moedinhas para pequenas viagens que quero fazer com os pequenos. Aqueles pequenos finais de semana prolongados e assim poder viajar para conhecermos o nosso País e cultura. 

 

Quero muito que os pequenos conheçam bem Portugal para poderem assim depois sair daqui e abrir horizontes, até porque acho que ainda sou pequenos de mais para certas viagens culturais.

Também já decidi que haverá um ano em que as três semanas de férias de verão vão ser feitas pela mítica EN2 desde Chaves até Faro vou planear essa viagem de forma a conhecer terrinhas, pessoas, cultura e aproveitar Portugal ao máximo. 

Este ano ofereci um livro sobre essa estrada ao meu irmão e estive a ler um pouco e realmente dá vontade de conhecer bastante! 

Já que falo disso até posso começar já a planear a rota e as estadias e depois é só marcar! 

 

 

 

 

Twitter

instagram

Blogs de Portugal

Parcerias

Desafio de Leitura

Leituras & Livros

Bloglovin

Follow