Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Uma mudança de inicio de ano, mudar para inspirar!

04
Fev16

JN em pessoa

Ana Gomes

Começo a ter certeza que trabalho com o Jornal de Noticias em pessoa! 

Como é possivel haver pessoas que só estão bem a fofocar sobre a vida dos outros e contam aos outros o que se passa na familia delas? Meu Deus nunca vi nada igual! 

Ainda agora está ao telefone a fofocar sobre alguém que não sei quem é, há mais de meia hora e acaba de dar a noticia que o meu irmão está de cama mais uma vez por causa de uma hérnia, mas segundo a pessoa o coitado do meu irmão já tem 2 hérnias o rapaz daqui a pouco está de cadeira de rodas! 

A sério? Inacreditável como é possível que hajam pessoas assim! Por favor! 

Depois não admira que leve para trás quando as pessoas estão a conversar e ela se mete ao barulho e leva as respostas que não gosta! 

Esta semana chegou-me uma carta da CGD para pagamento de um valor de 25€ por saldo a descoberto estranhei pois as contas foram encerradas em 2005! Não liguei aquilo pois estava tranquila! Cheguei ao trabalho e estava a comentar isso com o meu irmão, ele questionou se eu tinha contas e se tinha os papéis do encerramento das contas. 

Eu ainda nem tinha respondido à questão do meu irmão e a madamme já estava a dar palpites... claro que ainda não tomava os compridos levou logo com a bela da saída á minha moda:

 

-"Querias saber tanto como eu e como o JN para mim ainda é em papel, ficas a saber o mesmo! Quando quiser que todo o mundo saiba da minha vida, ligo à D. Luísa (senhora dos anuncios do JN) e peço-lhe uma publicação!" 

 

O meu irmão começou a rir-se e a madamme nesse dia pouco ou nada falou comigo! 

Haja paciência! 

04
Fev16

Também nós fomos "Bullys"

Ana Gomes

image005.jpg

 

Hoje em dia fala-se muito em Bullying e Bullys! 

Pois não deixa de ser uma realidade da nossa sociedade que o bullying afecta em muito os nossos miudos e adoelescentes! 

Tenho medo que os meus pequenos passem por isso e sei que o mais velho tem uns casos estranhos na escola de uma menino da sala dele que lhe chama nomes e o mal trata, a ele e a mais colegas! 

Já conversei com ele sobre isso, já percebi que ele não tem medo do que o miudo lhe possa fazer e já soube por intermédio da antiga educadora e uma auxiliar que ele se defende dos ataques do rapaz! 

Depois de saber o que ele estava a passar e notar que afinal ele até se safa e não dá importânica a essas coisas até porque tem amigos de verdade na salinha dele que o ajudam, fiquei a pensar no assunto! 

Veio-me ao pensamento momentos da minha adolescência, quando nos metiamos a chamar nomes aos outros quando não os gramavamos! 

Pois acho que todos nós passamos por isso, mas na altura não davamos tanta importãncia, até eramos capazes de vir para casa aborrecidos com a situação mas de certo nunca nos passou pela cabeça o suicidio! Se calhar porque não viviamos no stress que hoje os pequenos e adolescentes são obrigados a viver! 

Recordo-me de uma situação que pelos parâmetros da sociedade de hoje nós no colégio na altura teriamos sido apelidados de bullys!

Havia uma rapariga nova no colégio, e nós eramos um grupinho de cerca de 10/15 pessoas da mesma turma que se dava lindamente! Ela acabou por se enturmar connosco e nos primeiros meses daquele ano lectivo as coisas até correram bem! 

Ao fim de uns meses, ela contava-nos que tinha uma casa enorme, com não sei quantos quartos, salão de jogos, piscina e com vista para o rio! 

Por nós era indiferente, afinal em colégios só andavam os "meninos ricos" lá da terra! 

Começamos a desconfiar uma vez em casa da minha prima (que pertencia a esse grupinho) e estavamos a falar da nova amiga a uma pessoa que lá estava e dissemos mais ou menos onde ela morava! 

A rapariga com quem comentamos a situação achou estranho e disse que no dia a seguir passaria no colégio só para ver quem era pois já desconfiava! Como ela tinha andado lá no colégio não era dificil para ela aceder às instalações e os funcionários deixarem-na andar por lá! 

Tal como prometido ela apareceu e verificou o que suspeitava! 

Informou-nos que a rapariga na realidade não era rica (dinheiro) como dizia, mas sim uma rica mentirosa, já que era sua vizinha! 

Um dia decidimos apanhar o autocarro para os lados dela e verificar pelos nossos olhos! Lá fomos de passeio numa tarde sem aulas e acabamos por dar de caras com uma casa humilde e bem apresentada, mas nada de piscinas, nem grandes mansões! 

Uns dias mais tarde veio à conversa as casas de cada um, o que tinham ou deixavam de ter! Mais uma vez ela apregoava aos sete ventos riqueza que não era sua, até que um rapaz do grupo fez-lhe frente e disse-lhe tudo que já sabiamos! 

Ela não sabia onde se haveria de meter e até ao final do ano, tenho a sensação que as coisas não lhe correram bem! Afinal ela tinha sido apanhada numa mentira e agora era "gozada" pela escola toda! Acabou por sair daquele colégio no final desse ano lectivo e nunca mais a vimos. 

Agora digam-me lá não será isto bullying também? A mim parece-me que sim, só que acho que hoje em dia os miudos vivem muito mais "sozinhos" os problemas deles porque os pais não têm tempo para lhes dar atenção! 

 

 

 

 

 

04
Fev16

O descanso que me faltava

Ana Gomes

Sono.jpg

Ontem comecei a tomar a medicação que a minha médica me receitou. Já houve quem nota-se diferenças no meu comportamento.

Primeiro o meu filho mais velho perguntou-me logo se eu estava doente pois estava muito calma! 

Depois à noite no aniversário do meu pai a minha tia veio ter comigo e perguntou se eu estava bem, estava muito calada e parada! 

Mas o que para mim me soube mesmo bem, foi poder dormir e conseguir dormir uma noite inteira! Sim eu dormi 8 horas seguidas só com uma pequena interrupção por causa do mais novo, mas mal voltei para a cama voltei a adormecer!

Acordei de manhã relaxada, sem dores musculares e com outro humor! 

Sinto-me bem hoje, espero que seja por muito tempo! Estou a adorar sentir-me relaxada, sem ter pensamentos que me atormentam a cabeça, não teres dores no pé nem no fundo das costas é maravilhoso! 

Começou uma nova etapa na minha vida, espero que perdure por algum tempo e que quando fizer o desmame deste quimico as coisas continuem iguais! 

Agora é manter o tratamento pelo tempo que a médica mandou e esperar para ver mais resultados! 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

Twitter

As minhas Leituras