Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Minha Vida e Eu

Desabafos, Organização, Costuras, Dicas, Viagens e Miúdos!

A Minha Vida e Eu

Desabafos, Organização, Costuras, Dicas, Viagens e Miúdos!

Dúvidas que assistem uma mãe

Ana Gomes, 08.11.15

tomara-que-o-meu-filho-no-fique-doente-creche_A.jp

 Com a chegada do frio começam também a surgir as doenças da época, nós mães ficamos sempre de pé atrás se mandamos os pequenos para a escola ou não conforme a sua condição física. 

No meu primeiro filho a decisão tornava-se complicada, era mãe de primeira viagem e havia muitas opiniões de terceiros que não me deixavam sequer pensar em condições quais as melhores escolhas que poderia fazer para o meu filho.

Neste momento já com dois a coisa muda de figura, as opiniões a mim não me dizem tanto e sigo sempre o meu instinto de mãe e de mulher! Mas para as mães e pais que queiram algumas dicas para o dia em que os filhotes estiverem mais murchos deixo-vos aqui alguns passos que podem ter em conta para decidir se o melhor é ir ou ficar em casa.

Primeiro que tudo tenha em conta sempre os sintomas do seu filho, questione-lhe o que lhe dói, veja se tem febre.

Depois poderá questiona-lo sobre se sente bem para ir para ir para a escola. Claro que muitos irão dizer que não, mas tenha consciencia e descernimento sobre se o seu filho está em condições fisicas para ir para a escola e desempenhar todas as funções escolares.

Questione-se se a doença é contagiosa! Se for é lógico que não o irá mandar para a escola de forma a contaminar toda a escola.

Por último pergunte-se se tivesse os mesmos sintomas iria trabalhar! (neste caso não dou exemplo, que só me falta vir trabalhar na cama do hospital).

Depois de se perguntar e conseguir responder as estas perguntas, tenha em atenção outros tantos factores.

 

1. Dor de cabeça, tonturas e febres são sintomas graves que deixarão a criança indisposta para qualquer tipo de actividade. Consulte o médico. Claro que se for uma dor de cabeça leve dê-lhe um anti pirético e deixe fazer efeito e veja a reacção da criança se melhorar pode manda-lo para a escola.

2. Dor de garganta. Se somente for dor de garganta não haverá qualquer problema da criança ir para a escola agora se a dor vier acompanhada por febre é melhor manter o pequeno em casa e consultar o médico. 

3. Erupção cutânea. Primeiro terá que falar com o médico e depois não mandar a criança de forma alguma para a escola! Erupção cutânea é na maioria das vezes uma doença contagiosa (varicela, boca, mãos e pés). Não o mande para a escola antes de falar com o médico.

4. Febre. Por norma as crianças com febre não se sentem muito bem o melhor é mante-lo em casa até 24h depois dos sintomas.

5. Tosse. se a tosse não for expectorante poderá mandar a criança para a escola, agora se tiver expecturação tenha atenção e mantenha-o em casa por uns dias.

6. Vómitos e Diarreias. Mantenha a criança a dieta e em casa por 48 horas até passar os sintomas.

 

Cuidado com o frio e as mudanças de temperaturas! Agasalhem-se bem e aos pequenos também!