Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Desabafos, Organização, Costuras, Dicas, Viagens e Miúdos!

05
Mar20

Impossível ficar sem animais!

Ana Gomes

Fui criada sempre com animais em casa. 

Recordo-me que em casa da minha mãe tínhamos periquito aos montes, galinhas, coelhos, cães e depois ia para casa da minha tia e havia porcos e mais coelhos e mais cães... ou seja sempre vivi rodeada de animais.

Na primeira casa tivemos um chow chow linda super meiga mas muito dona de si! A maggie fez-nos as delicias de anos connosco, poucos mas bons, por infortúnio aos fim de 6 anos a pequena e doce maggie partiu.

maggie.jpg

Chorei baba e ranho, jurei a mim mesma que nunca mais na minha vida teria um cão ou qualquer animal de estimação. 

Achava eu... mas ao fim de 6 meses já tínhamos em casa uma cadelita rafeira fofa que foi criada juntamente com o meu filho mais novo... tornaram-se amigos inseparáveis.

Aqueles duas faziam as delicias da casa... 

11951858_1030857413621640_7639302578119679851_n.jp

Acabamos por ter de nos "desfazer" da bolinha por motivos de mudança de casa, imposição de senhorio que não poderíamos levar a pequena connosco. 

Graças a Deus conseguimos arranjar uma família que a adora e com quem ainda hoje mantemos o contacto por mensagens e vemos a pequena Bolinha. 

Mas claro que agora que a casa é nossa, as coisas começaram a mexer na minha cabeça. 
Os meus filhos pediam sempre um Pug e cada vez que passávamos na loja dos animais ao pé de casa entravam para ver os cães... sempre lhes disse que não, primeiro porque não acho piada aos Pugs, segundo porque sempre soube que o trabalho será sempre meu, mas...

Mas naquele final de semana de sonho... só que não... passei na loja dos animais com o mais novo e entramos... olhei para o Pug que lá estava sossegado. Perguntei ao senhor qual o melhor cão para apartamento e ele disse "Destes todos o pug por ser sossegado e amigo! Agora se quiser mobília nova leve um bulldog francês!"

O senhor ainda não tinha acabado a frase e eu já estava com o pug ao colo. 

Não resisti... apesar de não achar piada ao cão! 

Sou sincera estou rendida aquela bola de pêlo, que não ladra mas ressona... adora brincar e correr mas por pouco tempo e depois é a coisa mais meiga e sossegada que já vi! 

Para além de me ter surpreendido pela positiva, nunca tive um cão que me deixa-se tratar dele sem ter de lhe chamar a atenção várias vezes... este pequeno deixa escovar, colocar soro nos olhos, limpar os olhos e as patas... deixa dar medicação... um pequeno doce de pêlo! 

Melhor de tudo é ver a felicidade estampada na cara dos meus filhos e ouvir aquele riso maravilhoso em quanto brincam com o pequeno! 

 

06
Fev20

Esclarecendo Coronovírus ao meu filho

Ana Gomes

Com estas noticias todas sobre coronovírus os meus filhos quase diariamente me dizem que têm medo que o vírus chegue a Portugal. 

Numa dessas conversas com o mais velho explicava-lhe quais os cuidados básicos a ter e então dizia-lhe:

-"Tens de lavar as mãos regularmente e sempre que vais ao WC, espirrar e tossir colocas o braço à frente da boca, não partilhas copos, talheres ou comida com ninguém e tentamos evitar locais com muitas pessoas como cinema, shoppings..."

Ainda eu não tinha terminado a frase e ele responde-me prontamente:

-"Posso evitar a escola é que também tem muita gente!" 

E agora o que faço? O rapaz nao deixa de ter razão! 

17
Out19

Quando os teus filhos é que te ensinam...

Ana Gomes

Eu já sabia que algumas matérias de matemática estava enferrujada, mas agora aprender com o meu filho mais velho é novidade para mim! 

Supostamente, ou pela lei da vida seria eu a ensina-lo mas ontem foi exatamente o contrário. 

Estavamos a fazer trabalho de matemática para estuadar para os testes e dei por mim a complicar uma conta que ele descomplicou num segundo! 

Propriedades... lembrava-me eu de como me ensinaram e como teria que a fazer até que ele me diz "mãe é muito mais fácil fazer como eu..." e começou a explicar-me! 

Fiquei orgulhosa porque entendi que ele está atento nas aulas e gosta de matemática e orgulhosa por ele saber explicar-me a forma simples como resolve aquilo. 
Estamos sempre a aprender! 

27
Ago19

Conversa Fiada Kids#27

Ana Gomes

Na semana passada estavamos em casa a meio da tarde quando o mais novo se começou a queixar de dores de barriguita! 

Lá foi à casa de banho a correr e claro depois de tantos pirolitos que engoliu no dia anterior na piscina o rapaz estava com diarreia! 

Já à noite depois de jantar estavamos todos na sala sentados no sofá a ver uma série e eu lembrei-me de lhe perguntar:

-"Como está a tua barriguita?"

-"Sexy!"

E assim fiquei sem resposta para ele e de olhos esbugalhados a olhar para o meu marido até que nos desatamos a rir! 

Estou tramada com este pequeno ser que vai a caminho dos 7 anos e acha-se adulto porque segundo ele "se as pernas são minhas eu é que mando nelas!"

14
Jun19

Da série - E assim começou a minha época de viagens

Ana Gomes

tarouca.jpg

Um final de semana prolongado que passou e eu não podia perder a oportunidade de descansar uns dias depois de 4 meses intensos! 

Para onde fui? Fui para o Douro... passear, relaxar e ter aquela paisagem maravilhosa como bons dias! 

Acabamos por descobrir um pequeno paraíso perdido ali por Tarouca numa pequena Vila, onde ficamos na Quinta dos Padres Santos em Eira Queimada. 

Uma quinta lindissima com umas vistas fantástica, o silêncio onde só o barulho da natureza nos pode "aborrecer", as vistas são montes verdejantes a toda a volta! Um pomar enorme de cerejas, que nos deixou deliciados com a apanha da cereja e comer directamente da árvore levou-me aos tempos de infancia! 

Melhor de tudo poder deixar os meus filhos à "solta" sem ter que me preocupar com nada e sabem que mais... vê-los a correr pela quinta livres como passarinhos, brincarem com toda a liberdade soube mesmo bem!

A D. Lina, proprietária da quinta uma senhora excepcional tal como todo o staff sempre disponiveis e super simpáticos! Deixaram-nos logo à vontade como se estivessemos em casa e foi isso que acabamos por sentir mal entramos na quinta! 

Um canto acolhedor com tudo o que precisamos.  

Refeições na quinta só com reserva prévia com o staff, só está incluido o pequeno almoço que é qualquer coisa... mas também vale a pena jantar por lá! Desde as entradas até ao prato principal tudo tem outro sabor por serem produtos da quinta ou de fornecedores locais! 

De manhã saíamos para visitas ali na zona, as tardes eram passadas a apanhar cereja para depois de jantar comer. As tardes no silêncio da natureza deram-me força para mais uma semana de trabalho, foi mesmo revigorante e maravilhoso. 

 

Nos dias que lá estivemos acabamos por passear ali pela região! 

Visitamos Lamego e as suas famosas bolas de carne e a Nossa Senhora dos Remédios... não... não conseguimos subir! Acabamos por apanhar a feira medieval de Lamego, pequena mas muito gira! 

Um dos dias aproveitamos para visitar o parque biologico da serra das meadas, um caminho sinuoso a subir a serra mas que nos deixa maravilhados com as vistas. 

O parque biológico situa-se mesmo no cimo da serra e tem cerca de 3 km de percurso no meio de vegetação, pedras, subidas e descidas onde pelo caminho vamos vendo os animais, rindo e conversando. Mas o melhor mesmo é poder aproveitar daqueles silêncio, calma, ar puro e puro prazer de estar em família. 

Uma das noites acabamos na Régua... queriamos jantar fora do hotel! 

Passeamos pela beira rio ver aqueles turistas todos a caminho das caves, das provas de vinho e do museu do vinho. Acabamos por nos perder na rua de cima paralela ao rio onde descobrimos por indicação de uns primos uma Pizzaria... e que pizzas! Deliciosas o único senão é que o cozinheiro nesse dia deveria estar em dia não e acabou por chamuscar um pouco as pizzas mas nada que não se pudesse comer! 

 

Aconselho-vos vivamente a partirem em direcção ao Douro, fazer a viagem como nós fizemos desde Mesão Frio até à Régua sempre pela estrada nacional. Digo-vos que ainda não fiz tudo o que queria que era subir até ao Pinhão pela Nacional que vai da Régua, passando pelo alto Douro Vinhateiro. 

Vão e divirtam-se assim como nós! 

 

E agora qual será a próxima viagem?

 

 

 

26
Nov18

Organizar o Estudo - Dicas

Ana Gomes

No meu tempo de estudante aprendi o verdadeira sentido de estudar com um explicador meu! Facilitou-me imenso a vida na faculdade! 

Decidi vir aqui deixar-vos algumas dicas já que o final do período está a chegar e vêm aí os teste, dicas que ando a passar aos meus filhos para que comecem desde o 1º ciclo a ter métodos de estudo e o saibam fazer depois no 2º ciclo e assim tornarem-se independentes.

1. Criar ambiente - Um local calmo, sem TV, Playstation ou qualquer outro tipo de distracção.

2. Ter tudo o que precisa - Antes de sentar a estudar ver se temos tudo o que precisamos ali junto de nós para não andarmos a passear pela casa. 

3. Definir horários - Sim isso mesmo, definir qual a hora que vamos estudar, quanto tempo e que matérias. 

4. Fazer pequenos intervalos -  que nos permitam descansar e aliviar um pouco o stress de estudar

5. Sancks Saudáveis - Ao pé de nós convém ter sempre snakcs, fruta, frutos secos e claro nunca esquecer a água

6. Objectivos - Saber o que temos de estudar e qual a matéria. Definir quais os objectivos para aquela disciplina

7. Mudar o tipo de tarefa - Se tivermos mais do que uma matéria para estudar convém que sejam tarefas diferente porque vai estudar 15 minutos a ler e na próxima não vai querer passar mais 15 a fazer o mesmo.

8. Começar pelo mais dificil - Tem várias matérias para estudar e tem mais dificuldade numa delas comece por aí. Tudo ficará mais fácil depois nas outras matérias.

9. Reservar tempo para outras coisas - Não passe uma tarde a estudar, estipule os horários e aproveite metade da tarde para sair, dar uma passeio.

 

Bons Estudos! 

05
Nov18

Mãe a estudar história com o filho.

Ana Gomes

Estava eu o mais velho a tratar dos TPC no final de semana e claro qeu havia de ter calhado história... argh... sinceramente foi coisinha que nunca gostei muito mas também não era assim má aluna à disciplina. 

Depois de lhe ler um pequeno texto do livro onde falava das invasões dos Mulçumanos em 711 na Peninsula Ibérica e depois de lhe dizer quantos anos os gajos andaram por cá sai uma pergunta na ficha! 

Quantos anos estiveram na Peninsula Ibérica os Mulçumanos até serem expulsos? 

O meu rapaz prontamente assinala com um X a resposta que dizia 200 anos! Aqui a mãe bem depressinha diz-lhe

"Pois os outros 300 anos foram de férias para o Algarve a mando de D. Afonso Henrqiues!" 

Mas acabo de afirmar isto e ele olha para mim surpreso e pergunta-me:

"A sério que o rei os deixou ir de férias!?"

 

A minha vontade foi de lhe dizer "sim filho deu-lhe só mais 300 anos de férias e depois despachou-os à porrado do sol do Algarve até Marrocos!

Mãe sofre! 

26
Out18

Antes todas as urgências fossem assim...

Ana Gomes

Quarta fui chamada à escola dos pequenos pelas 13:30, o mais velho tinha chocado com um colega e tinha um corte na palpebra mas eles achavam que não havia problemas e não haveria stress de ter de ir com ele ao hospital. 

Perguntei se haveria problema de ir lá só ver como ele estava e disseram que não e lá fui! 

Cheguei e vi o rapaz com um corte na palpebra feita pela lente dos óculos dele que tinha saído do sitio com a pancada. 
Disse-lhes que iria leva-lo num instante à urgência do hospital só para ter certeza de que não seria necessário pontos. Achei que não era nada de grave mas que pelo menos ser um médico a dizer se sim ou não. Propuseram a passar-me o papel do seguro da escola mas desvalorizei pois não ia sequer reclamar de uma coisa que pode acontecer até em casa! 

44569160_2409490975758270_7898270786614460416_n.jp

Lá fomos nós até ao hospital, chegados à urgência lá estava os enfermeiros do costume (sim entenda-se que é o hospital onde vou sempre com eles e ainda lá estive no domingo) e a sorte estava a pediatra dele a fazer urgência. 

Conversa, limpeza da ferida e quando olho em volta estão 3 enfermeiras, 2 auxiliares e 2 médicas na sala porquê? Porque eu mãe fiz asneira... carreguei no pedal de baixar as costas da marquesa e a mesma caiu. 

Depois de pedir desculpa e de me rir ainda com a situação a médica explica ao Pequeno Salvador que vai deitar cola na ferida... eu desatei a rir e disse "filho pensa positivo já tens disfarce para a noite de Halloween a mãe não terá que te pintar o olho!"

Tudo se riu e então com esta boa disposição a médica dele sai-se com: "Salvador deixo-te escolher a enfermeira que queres levar colada a ti para casa!" ainda nos rimos o rapaz chorou, começou a suar e um auxiliar a ver a cena diz "com tanta enfermeira jeitosa o rapaz até sua!" 

Ninguém aguentou e tudo se riu. 

No fim de tudo agradeço toda a paciência daquele pessoal fantástico que me atendem sempre com um carinho enorme e super atenciosos e carinhosos com os meus pequenos! 

Agora o corte não é nada de mais faz parte do crescimento e de tudo o que ele irá passar na vida coisas boas e coisas menos boas! 

 

25
Out18

Conversa fiada Kids#26

Ana Gomes

Por alturas das greves dos funcionários ferroviários ao ouvir as noticias na rádio a caminho da piscina com os miudos o mais velho pergunta-me o que é salário. 

Tentei explicar que salário é o que os patrões nos pagam ao final de um mês de trabalho e assim propus que eles fizessem algumas tarefas em casa como arrumar roupa, fazer a cama, ajudar na cozinha ao pôr a mesa e levantar o prato, etc. 

A partir de dia 1 de outubro comecei a contabilizar cada tarefa pelo módica quantia de 0.25 € / tarefa. (Sabendo eu que eles não iriam executar muitas a não ser que fossem relembrados). 

 

Esta semana ao jantar estava em conversa com o marido sobre salários, impostos e descontos que fazemos e o mais velho claro a prestar atenção. 

Lá fomos para a sala depois de arrumar a cozinha o mais novo adormece no sofá (como de costume) e o mais velho sentado ao pé de nós pergunta-me:

-"Mãe o que são impostos?" 

Epá e agora como vou explicar ao miudo o que são impostos? Fiquei assim um bocadinho à nora mas lá tive a ideia de lhe pegar no "salário" dele e explicar. 

-"Ora bem, eu recebo um salário e desse dinheiro que vou receber tenho de pagar uma percentagem ao estado que é quem governa Portugal! Vamos lá pegar no exemplo do teu salário que neste momento é de 8.50 €. Deste valor vou descontar-te 30% que são 2.55 € que serão pagos ao estado (mãe) e receberás somente 5.95 € de salário!"

O rapaz olhou para mim, olhou para o irmão que dormia no sofá e diz:

-"Mano a partir de hoje só há brinquedos no Natal, na Páscoa e nos anos!" 

 

 

Acho que fiz o meu papel e acho que ele entendeu que afinal o dinheiro tem um certo valor e temos de o poupar. 

 

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Twitter

instagram

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

As minhas Leituras