Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Minha Vida e Eu

Uma mudança de inicio de ano, mudar para inspirar!

28
Ago18

Falta muito para o verão de 2019?

Ana Gomes

Chamem-me doida, maluca, desvairada o que quiserem, mas eu quero que chegue o verão de 2019.

Ok eu explico porquê!

Quem me conhece sabe que marco as férias com um ano de antecedência e como tal já o fiz este ano e por isso estou ansiosa que chegue o verão 2019 por causa do destino escolhido. 

Ora bem, pela primeira vez em 9 anos (desde que tenho filhos) que vou aventurar-me de avião com os pequenos, é certo que não são horas a fio de avião mas para eles vai ser excitante! 

O destino escolhido já há alguns anos que me anda a "chamar" para lá ir...

Este ano decidi lá ir porque arranjei preços baratinhos em promoção com voo + hotel + carro o que para mim é óptimo agora só falta mesmo VIAJAR!!! 

 

Mas sabem-me dizer se ainda falta muito para o verão de 2019?

15
Ago18

Férias, as minhas ricas férias.

Ana Gomes

Como sabem já acabaram agora só me resta mais 5 dias em casa para tratar da roupinha suja e tentar descansar!

Mas como em todos os anos eu marquei as férias de 2018 em agosto de 2017... preços mais baratinhos com cancelamento gratuito.

Perto da partida (uma semana antes) decidi mudar o hotel! What? Sim isso mesmo decidi que não ia cair na asneira de experimentar um novo hotel como em 2017 e ficar desiludida, afinal tinham sido 3 anos seguidos a ir para o mesmo local.

Em cima do acontecimento e quase que por milagre consegui uma reserva no meu paraíso para o descanso, ali bem na praia da Falésia do lado de Albufeira.

O Hotel escolhido Adriana Beach Club, o meu local de descanso com tudo incluído... sim TUDO INCLUÍDO, para além de ali ao lado ao descer uma escadaria na falésia temos uma praia para nós com espreguiçadeiras do hotel à nossa disposição.

Bem são 4 anos sempre no mesmo local, mas como não faço intenção de conduzir ou conhecer nada numa semana em que só tenciono estar esticada ao comprido a ler e encher o bandulho para mim o Adriana é o melhor!!!!

Animação o dia todo, Kids Club para os pequenos e graúdos (4 aos 17 anos), jogos, atividades, para além de ter um quiosque lá dentro com jornais, presentes, pequenos essenciais (medicamentos, produtos de higiene) o que mais poderia pedir? Nada, só uma semana de descanso que se revelou bem proveitosa.

Tiramos as fotos da praxe a nossa selfie...

feria alg1.jpg

 

Bem como a foto dos pequenos desde o primeiro ano que para aqui vimos!

ferias alg2.jpg

E agora as fotinhos do hotel e da praia... garanto que vale a pena, todos os anos vermos as mesmas caras do staff que já nos reconhecem, ver os mesmos clientes começa a fazer parte da nossa vida é quase como a nossa família!

Não são muitas pois decidi que não iria passar as férias agarrada ao telemóvel.

alg.jpg

alg3.jpg

feria al.jpg

 

Nota mental, como em qualquer hotel em que haja ingleses lembrem-se de acordar pelo menos às 6h da matina para reservar cadeiras na piscina com as toalhas apesar de o hotel o proibir. 
Este ano surpreendentemente às 8:30 ainda conseguíamos apanhar cadeiras disponíveis porque a lotação do hotel era composta por TUGAS, Franceses e Alemães gente mais civilizada... (que me desculpem os ingleses mas é verdade).

 

Saída domingo do Algarve com rota para Lisboa, chegada ao destino apeteceu-me fazer inversão imediata na Ponte Vasco da Gama para fugir aos condutores desrespeitosos da capital! 

Bem continuemos... chegados a Lisboa seguimos até Amadora... destino Kidzania!

Sim isso mesmo fomos até à Kidzania para os pequenos se divertirem, já algum tempo que nos pediam para lá irmos. 

Sinceramente não levava as expectativas muito altas mas depois de lá entrar parecia uma criança. Um mundo pequeno onde eles têm de trabalhar para comprarem alguma coisa ou se divertirem. 

Uma forma de eles aprenderem a gerir dinheiro e entender o que custa aos pais trabalhar!

Muito giro e divertido. 

Assim estavam quase a terminar as nossa férias, mas restavam ainda 2 dias em Lisboa o que fazer?

Segunda procurei... pesquisei mas não me queria enfiar na Baixa da capital por isso decidimos pegar no carro e metermos pés ao Caminho e toca a ir até Mafra. 

Chegamos pelas 10:30 e fomos ao único local que me chamava para visitar o Palácio Nacional de Mafra, compramos o bilhete e lá fomos nós, visitar o palácio a igreja os jardins... adoramos!

Saímos do palácio uma hora depois, já com os souvenirs e decidimos que como ainda havia tempo iríamos almoçar a Colares à Praia Grande... matar saudades de um fim de semana prolongado que lá passamos. 

Lá fomos nós pelas estradas daquelas belas terrinhas, deste Bolelas, a São João das Lampas, Magoito e até Azenhas do Mar... até que entramos em Colares e aquele descida para a Praia Grande alegra as vistas!

sintra.jpg

...

 

Hora de jantar, hospedados na zona de Alvalade andei eu a pesquisar um local para jantarmos que tivesse pelo menos sopa para o mais pequeno. Entre o 100 Montaditos, ao macdonald's, KFC acabamos por descobrir uma pequeno tasco com sopa numa transversal do Campo Grande, era hora de meter pés ao caminho. 

Lá fomos nós desde o hotel até ao Borges... 10 minutos a pé, mas quando lá chegamos estava fechado para obras! 

Ok e agora? Olhei para a frente e leio FRANKIE Hot Dog!!! 

Hhhhhmmmmmm não era bem o que tinha pensado para o pequeno mas depois no hotel pediria uma sopa para ele. 

Entramos e fomos surpreendidos pela variedade de cachorros quentes, por de facto terem um menu infantil, por serem tão flexíveis nos pedidos. 

Um ambiente sereno, casual e acolhedor, um staff fantástico e os cachorros??? Bem os cachorros são de comer e chorar por mais!

Um local a voltar e pelos vistos há 2 Frankie em Lisboa (Campo Grande e Saldanha) e no Porto na Rua do Almada! 

Aconselho e deixo-vos aqui a foto para se babarem!

frankie.jpg

Não ficamos por aqui... nem pensar... no ultimo dia hoje (terça 14/8) tínhamos bilhetes para ir ao Pavilhão do conhecimento e o melhor de tudo é que os miúdos simplesmente adoraram.

Anotem nas vossas agendas levarem os miúdos ao Pavilhão do conhecimento, deixarem-nos explorar tudo e aprender com a ciência, nós ainda tivemos sorte e apanhamos a exposição dos angry birds por lá que para mim deixa muito a desejar.

pav cie.jpg

Terminada a visita ao pavilhão do conhecimento não queria eu vir muito tarde de regresso ao Porto e por isso decidi que era hora de almoçar e seguir caminho para o norte... e assim se passaram 10 dias de férias longe de casa, longe de papeis e agora só resta começar a preparar-me mentalmente para mais uns mesinhos de trabalho porque este ano tenho férias em Dezembro!!!

 

 

 

 

 

12
Jul18

porque eu tenho a melhor agência de viagens...

Ana Gomes

ora pois bem venho falar-vos da MINHA agência de viagens! Ok não é minha porque não sou proprietária dela mas podia ser.

 

Ora vamos lá... como vocês sabem eu marco as férias com um ano de antecedência por causa dos valores que se consegue um ano antes. 

Tal aconteceu em 2017 assim o fiz mal cheguei das férias procurei, marquei e pronto. 

Desde sábado quando soube que o pequeno tinha alergias e por recomendação médica necessitava de praia regularmente fique a pensar "que estupidez a minha marcar as férias assim tão cedo e já as ter pago! Agora que me dava jeito aquele hotel que nós tanto gostamos e onde já estivemos mesmo em cima da praia!" sim o que tinha marcado ficava a uns escassos quilometros mas iria-me obrigar a tirar o carro coisa que sinceramente não queria. 

Estava aqui sentada sem nada para fazer (como quem diz) e lembrei-me de enviar um email à agência de viagens a pedir a alteração do hotel Y para o X caso fosse possível. Imaginando eu que isso seria quase quase um milagre sabendo que o hotel X é o mais desejado daquela zona por todos os motivos possiveis e imaginários. 

Estava eu muito descansadinha ao telefone com o marido a falar sobre este assunto e vejo uma chamada a cair-me no telefone... olhei bem para o número e praticamente despachei o marido para atender a agência de viagens já sem qualquer esperança.

Do outro lado ouço a voz simpática (como sempre) da S. em que me diz "Ana está confirmado, mas só o conseguiu porque é cliente habitual do hotel X!" 

Fiquei eufórica podia ir à praia sem tirar o carro da vaga, podia usufruir de tudo e ir mesmo ter com os meus pais pela praia ali a 20 minutos de mim! 

Matar saudades de um hotel onde os pequenos cresceram, que eles tão bem conhecem, onde todos os funcionários sabem quem nós somos! Ah é tão bom noticias destas! 

Foram 3 anos... sim 3 anos seguidos no mesmo hotel, passamos de tudo por lá desde explosões nas instalações às 4h da madrugada que obrigou a evacuação do hotel todo até às 8h da manhã mas onde todo o staff gentilmente cedeu comida, cobertores, camas da piscina para os miudos. 

Foram 3 anos onde às 2h da madrugada disparou os alarmes de incêndio numa zona só do hotel! 

Foram 3 anos a ver os animadores, as mesmas actuações, as mesmas pessoas. 

Foram 3 anos maravilhosos e que só no ano passado percebi que realmente não vale a pena mudar, mas este ano tinha caído na asneira de mudar de novo. Lá ia eu de novo para um hotel diferente, staff diferente tudo diferente. 

No ano passado arrependi-me logo no segundo dia... ò meu Deus um hotel onde os animadores nem sequer demonstram entusiasmo, onde não há qualquer empatia com os clientes... que saudades do "meu" hotelzinho ali em cima na Falésia mesmo junto à praia! 

Mas este ano estou de volta e agredeço ao hotel pela consideração que teve pela facto de nós sermos "clientes habituais" agradeço mais ainda à S. na minha agência de viagens pela paciência para os meus pedidos e pela simpatia com que trata deles. 

Querem uma boa agência de viagens e agora passo publicidade sem que a mesma seja paga vão à Bojador Viagens!

Todas as minhas viagens são feitas através deles até mesmo AQUELA noite que é só para descansar e marcar aquele hotel básico até isso é feito através deles. 

 

Mais uma vez obrigada por me aturarem as neuras à D., S. e A. obrigada por estes anos todos e não são poucos, são 13 anos de convivência e mais uns quantos de amizade!  

 

08
Mai18

Estava a planear uma viagem e surgiu-me a saudade!

Ana Gomes

Estava eu sentadinha no computador a planear mais uma das 3 ou 4 viagens que quero fazer até que me surgiu a saudade no coração.

Desde pequena sempre viajei muito com os meus pais e irmãos, tendo a felicidade de conhecer quase toda a europa e o nosso belo Portugal.

Cheguei a ir aos EUA ainda com 11 anos a NY e a Orlando à Disney que até hoje não esqueço aquelas cidades, principalmente o World Trade Center que tive o prazer de visitar.

Mas a saudade não vem destas viagens constantes que faziamos mas sim de uma situação em particular que hoje em dia não se repete com frequência. 

Quando viajava com os pais e irmãos em várias situações (principalmente a clientes do meu pai) eu e a minha mãe acabavamos por ficar na cidade a visitar e conhecer alguns locais.

As minhas saudades são disso mesmo, da companhia da minha mãe, só nós as duas, as caminhadas, as risadas, as compras, almoços e visitas a monumentos que fizemos juntas. 

Recordo com especial carinho algumas situações, como uma visita ao Escorial em Madrid, os grandes passeios a pé pela ruas das cidades onde estavamos, a subida à Girandola em Sevilha. A nossa passagem por Londres, os passeios de carro até Sanxenxo. 

Ah que saudades! 

Agora perguntam mas porque não vais?

Bem porque agora não viajo com os meus pais, porque com os meus filhos não dá para andar horas infinitas a pé sem que comecem a chatear, mas que tenho saudades isso tenho! 

Tenho a minha família e é com ela que viajo apesar de visitar os meus pais caso eles estejam perto de onde estamos, mas não é a mesma coisa! 

Aqui ficam algumas fotos minhas em pequena em Itália com a minha mãe e dois dos irmãos! 

 

 

03
Mai18

Costa Vicentina - Um paraíso

Ana Gomes

Antes de começar quero dizer-vos que desta vez não me esqueci de nada!!! Nem documentos nem máquina, se é que se lembram que na viagem a Marvão tive voltar para trás! Leiam AQUI

Agora quero palminhas para mim! 

 

A Minha Vida e Eu.png

 

 

5 da manhã acordei, comecei a tratar de tudo o que faltava para a nova viagem, lá iamos nós rumo a sul mas teriamos de sair cedinho. Uma pequena viagem que me iria permitir descansar de pequenos problemas no trabalho, precisava de desligar. 

Esperavam por nós cerca de 5 horas de viagem a qual com 2 pequenos se torna impossivel de fazer seguida, mas com uma saída prematura nos permite fazer mais de metade da mesma com eles a dormirem. Um descanso!

Perto das 11 horas estavamos em Vila Nova de Milfontes, paramos para lanchar e esticar as pernocas, os pequenos já começavam a dar de si. 

Decidimos que iriamos directos de Vila Nova de Milfontes até Odemira onde iriamos ao supermercado comprar pequenas coisas para ter na casa para lanches, pequeno almoço e petiscar. 

Feitas as compras era hora de procurar um restaurante para almoçar e relaxar um pouco. 

Encontramos o Fonte Ferrea dentro de um jardim lindo mesma na entrada de Odemira, já tinha lido sobre o restaurante.  

Comida Fantástica a preços acessiveis, para além da simpatia e paciência dos donos com os pequenos. 

 

O tempo não estava famoso, quando marquei esperava sol, não pedia calor mas solzinho mas não o S. Pedro com a sua bipolaridade deu-nos um pouco de tudo! 

Acabdo o almoço estava na hora de partir em direcção a Brejão, uma pequena vila perto de Azenhas do Mar. Uma casinha tipicamente alentejana, Monte da Boavista, o repouso na costa vicentina junto ao campo mas com a Praia mesmo ali ao lado.

De forma calorosa e simpatica foi-nos indicada a casinha que ficariamos e mal abrimos a porta somos recebidos com um miminho tão bom. 

20180428_140346.jpg

 

 

Chegava a hora de colocar tudo no sitio, aproveitar o resto da tarde para descansar da longa viagem. 

Um refugio que nos permitia estar descansados no jardim junto á piscina e os pequenos andarem por ali a brincarem sem qualquer problema no pequeno parque que lá existe.

 

 

Ao final do dia na esperança de conseguir um lugar no unico restaurante em Azenha do Mar lá fomos nós pelas 18:00 até lá, mal chegamos estava repleto, uma tristeza imensa porque as vistas compensavam tudo. Pelo menos ficamos com as vistas maravilhosas! 

11.png

 

O segundo dia começava, estava eu na cozinha a preparar o pequeno almoço quando ouvi qualquer coisa a bater na porta, abri e dei de caras com um saco com um pão alentejano para o pequeno almoço! Ó meu Deus a minha perdição logo pela manhã, assim ninguém aguenta! 

Todos os dias nos foi dado um pãozinho alentejano para o pequeno almoço.

Estava na hora de sair a caminho de Sagres, apenas a uma hora de viagem pela nacional entre vilas alentejanas chegavamos a Sagres. 

Um mar de gente, nunca imaginei que estivessem tantos turistas ali, mas estar naquela pontinha de Portugal apreciar o mar e as arribas valeu a pena mesmo que não tivessemos entrado no forte! 

 A tarde essa foi passada em casa, no descanso de um monte alentejano, com o solzinho bom que brilhava lá no céu e nos dava alguma vitamina D. 

Nesse mesmo dia à noite fomos até ao Cabo Sardão sei que o deveria ter feito de dia, mas não fomos à noite mesmo para ver o Farol.

 

Terceiro dia saimos já muito na hora do almoço o tempo não nos deixou sair de casa mais cedo, choveu a manhã toda. 

Acabamos por sair pelas 11:30 em direcção a Aljezur, iriamos á Praia dos Clérigos almoçar, mas chegado lá o São Pedro mais uma vez contemplou-nos com uma chuva intensa que não nos deixou sequer sair do carro para andar 200 metros até ao restaurante. Era impensável faze-lo com os pequenos iriamos todos ficar encharcados. Decidimos então sair dali e procurar outro restaurante lá pesquisamos no GPS do carro e começavamos uma viagem de cerca de 20 minutos por pequenas estradas no meio do monte até que demos de caras com uma praia com um pequeno bar que serve refeiçoes. 

Estavamos literalmente no Paraíso do Mar (nome do pequeno barzito).

1.png

 

Praia da Amoreira... uma pequena praia ali mesmo depois das montanhas, lindissima! 

Após almoço e passeio na praia estava na hora de partir para onde? Para a casa, porque os pequenos adoraram tanto aquilo que nem queriam sair de lá! 

Lá fomos nós sem pelo caminho passar em Odeceixe e visitar o pequeno moinho que lá está bem no alto e nos deixa contemplar a pequena vila. 

9.png

Discover the CoastsHidden surf Spots (1).png

 

 

 

A tarde passada em descanso em casa, apanhar sol, brincar com os pequenos rirmos e até chorar de tanto rir. 

O jantar ficou decidido que iriamos até à Zambujeira do Mar ali a 15 minutos de Brejão, acabamos no Casino da Ursa uma excelente pizzaria e como em todo o lado que estivemos a simpatia imperava na casa. 

O pão de alho fabuloso e umas pizzas de massa fina de comer e chorar por mais! 

 

Quarto dia, era hora de acordar e começar a arrumar tudo para virmos embora, mais uma vez o pão alentejano estava na porta da casa! 

Sai para colocar o lixo no local e finalmente conheci a D. Fernanda uma senhora super simpática e bem disposta, a senhora que todos os dias nos deixava o pão na portinha. 

Era hora de regressar ao Porto para nossa infelicidade começava a nostalgia daquele pequeno recanto alentejano que nos permitiu descansar por 4 dias, era a hora de partir.

 

 

Locais a Visitar

  • Zambujeira do Mar
  • Cercal
  • Odemira
  • Azenha do Mar
  • Praia do Carvalhal (Brejão)
  • Odeceixe
  • Carrapateira
  • Sagres
  • Lagos

 

Locais onde comer

  • Casino da Ursa (Zambujeira do Mar)
  • Fonte Ferrea (Odemira)
  • Eira do Mel (Vila do Bispo - Sagres)
  • Restaurante Azenha do Mar (Azenha do Mar)
  • O Sargo - Praia dos Clérigo (Aljezur)
  • Paraiso do Mar - Praia da Amoreira

 

 

 

 

 

 

11
Abr18

Ajuda precisa-se!!!

Ana Gomes

Adoro viajar e como vocês sabem quero muito que os pequenos conheçam bem Portugal. 

Agora tenho um probleminha quero fazer mais uma viagem antes das férias de verão mas não sei bem aonde. 

Tenho uma viagem próxima marcada, mas para finais de maio quero fazer outra mas a questão é aonde? 

 

Depois de ter "dormido" numa estação de comboio, a qual os miudos adoraram, fico a pensar onde poderei leva-los e surpreende-los!?

Já pensei ficar num moinho, mas todos os que vi estão esgotados ou a lotação não dá para mais de 2 pessoas e agora?

Por isso decidi vir por aqui pedir-vos ajuda com ideias ou dicas para sair para finais de maio... help me please! 

09
Abr18

A procura começou!

Ana Gomes

Vocês sabem a viagem que fiz a Marvão?

Pois se bem se aperceberam eu voltei para trás para ir buscar os documentos que me tinha esquecido e porquê?

Simples, porque eu não deixo os documentos do carro no veiculo seja aonde for, nem mesmo na garagem do prédio. Segundo porque os guardo dentro de uma carteirinha de plástico dentro do bolso pequeno da mala e porquê? 

Porque no Natal o meu irmão mais velho ofereceu-me uma carteira só para cartões, algo assim parecido.

7ebf2932e69b2a588daf5c6dc548c17c.jpg

Imagem retirada AQUI

O que para mim me dá imenso jeito já que muitas vezes ando cheia de papeis no meio da rua e assim é só meter a carteirinha ao bolso e a minha mala fica guardada na mala do carro. 

Pois por esta simples prendinha na viagem a Marvão deixei os documentos do carro em casa e acabei por voltar, mas agora comecei a procura por um porta documentos catita que eu possa trazer na carteira e o qual eu me lembre de levar de viagem.

Alguém tem sugestões?

06
Abr18

Vou começar a poupar

Ana Gomes

Sei que o ano já começou algum tempo, mas para poupar não é preciso que seja logo no inicio é quando nós quisermos. 

Decidi que iria começar a poupar moedinhas para pequenas viagens que quero fazer com os pequenos. Aqueles pequenos finais de semana prolongados e assim poder viajar para conhecermos o nosso País e cultura. 

 

Quero muito que os pequenos conheçam bem Portugal para poderem assim depois sair daqui e abrir horizontes, até porque acho que ainda sou pequenos de mais para certas viagens culturais.

Também já decidi que haverá um ano em que as três semanas de férias de verão vão ser feitas pela mítica EN2 desde Chaves até Faro vou planear essa viagem de forma a conhecer terrinhas, pessoas, cultura e aproveitar Portugal ao máximo. 

Este ano ofereci um livro sobre essa estrada ao meu irmão e estive a ler um pouco e realmente dá vontade de conhecer bastante! 

Já que falo disso até posso começar já a planear a rota e as estadias e depois é só marcar! 

 

 

 

 

05
Abr18

Começar a preparar

Ana Gomes

Sim vou começar já a preparar a próxima saída. 

Um local pitoresco , um achado sem dúvida mas que já li muito sobre ele. 

Mais uns dias de descanso que se avizinham e que me estão a deixar em pulgas para ir. 

Agora que já tenho mapa de férias já posso planear todas as minhas saídas sem ter que marcar e ficar à espera a ver se posso ou não.

 

Claro que as ideias começam a ser poucas e sem saber muito bem para onde levar os pequenos... mas há certos locais que não posso de deixar de visitar mal vejo uma oportunidade e este é um deles garanto-vos. 

Curiosos? Eu também mas pelo que já será qualquer coisa do outro mundo. 

 

Falta pouco prometo! 

02
Abr18

Partimos à aventura para Marvão

Ana Gomes

20180331_145052.jpg

 

Partimos eram 6:30 da madrugada rumo ao sul... à procura de castelos, paisagens, miradouros, história. 

Rumávamos para o Alentejo... Alentejo profundo a chegar à fronteira com Espanha. Local onde já tínhamos estado em 2007 e decidimos este ano ir de novo agora com os pequenos. 

A meio da viagem perto da Mealhada recordo-me que me esqueci da minha máquina fotográfica, mas nada de grave tirava-se fotos com o telemóvel, prosseguimos viagem. 

De repente... Houston we have a problem!!!! 

Perto de Coimbra lembro-me que me esqueci dos documentos do carro... gravissimo! Toca a sair e entrar em sentido contrário e ir a casa buscar os documentos, lá se foram 2 horas de viagem perdidas... não poderia ir para Marvão sem documentos eram impensável.

 

Chegamos finalmente a Marvão, mais propriamente Beirã, uma pequena aldeia a poucos quilómetros de Marvão onde podemos desfrutar de uma paisagem e calma que nos deixa extasiados.

Hotel? Mas qual hotel em Beirã o melhor mesmo é optar pela Guest House Train Spot... um antigo restaurante da estação Fronteiriça da Beirã, restaurado mas ainda com aquele aspecto antigo. 

Um atendimento surpreendente, super simpáticos, atenciosos e disponiveis! 

Train Spot tem quartos com WC privativo ou partilhado e duas casinhas pequenas ao lado equipadas com uma pequena cozinha, 2 quartos e WC com chão aquecido qualquer coisa do outro mundo. 

Ficamos instalados numa dessas casas e os pequenos adoraram! 

O melhor de tudo é que estamos ali mesmo junto a uma linha de comboios desativada onde os pequenos se divertiram a brincar e explorar. Correram, brincaram e nós sem preocupações deixamo-nos estar sentados no alpendre de casa. 

O facto de poder ver os meus filhos brincarem sem que eu esteja preocupada com carros ou estranhos deu-me a sensação de liberdade, levou-me até à minha infancia.  Vale a pena por causa daquele sossego, aquela paz... aquilo que eu estava mesmo a precisar para descansar a minha cabeça, nem sei bem como pensei ainda na possibilidade de cancelar aquela estadia. 

No dia que chegamos perto das 14 horas não tivemos sortinha nenhuma com o tempo entre abertas, chuva e vento forte acabamos por passar o resto da tarde na casinha a descansar da viagem. E quando digo descansar foi mesmo descanso, o Train Spot não tem TV por cabo, não tem internet na zona das casinhas o que nos deixou sem comunicação com o mundo... o que nos deu a liberdade de estarmos uns com os outros sem haver um tablet ou telemóvel à frente dos olhos. 

 

 

 

 

Segundo dia começa, com os pássaros a chilrriar e toca a abrir as janelas e dá-mos de caras com um sol maravilhoso e o céu azul, um ventinho frio mas que se aguentava bem.

Levantamo-nos e fomos tomar o pequeno almoço, aquele pão alentejano logo pela manhã mata-me. 

Não é um pequeno almoço de hotel 5 estrelas mas um pequeno almoço muito bem servido e com variedade, desde o pão, compotas, queijo e fiambre, sumo, água, iogurtes, leite normal e leite de soja e o belo do café! 

Eram 9:30 da manhã quando nos metemos no carro e seguimo em direcção ao Castelo de Marvão.

Paramos o carro junto à muralha da parte de fora e fomos a pé até ao castelo, os pequenos encantados por poderem andar nas muralhas e verem a paisagem. 

Chegamos à porta e temos uma bilheteira, fiquei surpreendida pois 11 anos antes não tinhamos pago bilhete. Mas afinal era por uma boa causa queriamos ver o castelo e não foi 1,50 € de bilhete que nos impediu. Um valor simbólico a meu ver que os ajuda e muito a manter o castelo.

Está lindo, bem conservado e aquelas vistas valem bem a pena! 

Os pequenos e o pai subiram à torre, já que a mãe não acha piada às alturas. 

Acabada a visita ao castelo e depois de um pequeno descanso num jardim de Marvão decidimos visitar a cidade romana de Ammaia. 

Uma cidade construida I a.C. com uma perfeição arquitectónica incrivel. 

Para entrarmos e visitarmos o museu e as ruinas temos de pagar 3.00 € por cada adulto sendo que os pequenos até aos 12 anos não pagam.

Entre moedas, pratos de barro, vidro, pedras e pilares demos por nós sentados numa das salas a ver um video informativo sobre como foi construida a cidade romana e o que poderiamos ver no exterior. 

 

 

 

Hora de almoço, o mais novo cansado de tanto andar e ver, pusemos pés ao caminho para Castelo de Vide a ver se arranjavamos um local para almoçar, entramos naquela estrada onde as árvores se tocam no topo. 

Chegados a Castelo de Vide procuramos local para estacionar perto de um restaurante já que os pequenos estavam a dormir, sem sucesso lembramo-nos que a caminho da Guest House existia um sanck Bar com um pequeno restaurante por trás, pés ao caminho que se faz tarde e vamos nós até Beirã para almoçar. 

Nota importante neste local não contem em serem servidos rapidamente porque ali não é isso que acontece. 

Ao fim de 2 horas de lá estarmos saimos de barriga bem cheia do pão alentejano, sopas, secretos de porco e migas, para além da sericaia e os cafézinhos. 

A tarde foi passada a descansar já que os pequenos não aguentavam nem mais uma caminhada.

 

A tarde foi passada entre passeios pela linha de comboio, brincadeiras, leituras e descanso.

 

 

Domingo de manhã foi hora de acordar para regressar ao Porto. 

Lá nos despedimos daquela paz e paisagens e seguimos até ao Porto.  

Um final de semana pequeno mas que valeu bem a pena e claro está é para repetir. 

 

MARVÃO:

Onde Ficar:

Train Spot Guest House

 

Onde Comer: 

- Sabores de Marvão

- Preço médio por pessoa: 15.00 €

 

O que visitar:

- Castelo de Marvão

- Ermida de Nossa Senhora da Penha

- Cidade Romana de Ammaia

- Castelo de Castelo de Vide (infelizmente muito mal conservado)

- Centro da Vila

- Fonte da Vila

- Muralhas

  

Visitem Marvão porque vale a pena.

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

instagram

Twitter

As minhas Leituras